top of page

Reflexões para transição de ano

por Renato Bernhoeft


O costume em nossa cultura é a de que toda transição – aniversário, eventos, ano, etc. – é motivo para comemoração. O que nem sempre incorporamos a estas datas é a oportunidade para uma parada de reflexão, análise e diálogo sobre todos os significados do momento – tanto na perspectiva do passado, presente ou futuro -.


Estamos nos aproximando de mais uma passagem de ano, que, com certeza tem sempre vários significados e efeitos para cada um de nós.


Desejo dedicar esta crônica para levantar alguns pontos que podem merecer atenção ao desenvolver este processo. Seja ele individual ou em grupo.


Utilizarei para tanto os vários papéis que vivemos. Ou seja: Profissional/Conjugal/Familiar/Social/Educacional/Espiritual e Individual. Vale registrar que o tema saúde está presente em todos eles, exigindo uma atenção especial. Principalmente se considerarmos o aumento da longevidade e as constantes mudanças que vem ocorrendo no perfil populacional, afinal, já passamos de 8 bilhões de habitantes na terra.


Papel Profissional – Grau de satisfação na atual posição de trabalho e perspectivas de carreira:

  • Você tem considerado as transformações que podem estar exigindo as mudanças do seu perfil e conhecimento?

  • Olhando mais a frente, sua carreira apresenta perspectivas futuras ou já está exigindo que você se reinvente?

  • Corre o risco, inclusive, de que ela desapareça?

  • Seja você um empreendedor, funcionário de carreira, autônomo, está confortável com o panorama atual?

  • Já pensou na sua aposentadoria e um projeto para essa futura etapa?


Papel conjugal – diz respeito a uma relação estável com um parceiro(a) , independente da qualificação que você a considere.

  • As questões relativas ao relacionamento, planos e projetos de vida, etapas que cada um vive, desafios...tem sido compartilhados?

  • Como estão lidando com as questões do envelhecimento e os novos papéis familiares que vão surgindo. Pai, sogros, avós, etc?


Papel familiar – Aqui estamos separando o papel conjugal do familiar porque muitos tendem a tratá-los em conjunto.

Ao falarmos de Família, estamos nos referindo ao conjunto todo dos mais diferentes membros de uma estrutura familiar. Considerando ainda de que a família vai incorporando novos membros, ao longo do tempo, e que trazem um aporte de culturas diferentes para a estrutura familiar.

  • O assunto tem merecido a atenção devida?

  • Existem eventos familiares que não sejam apenas sociais?

  • Como está a relação com genros, noras e seus familiares?


Papel social

  • Seu círculo de amigos decorre apenas dos vínculos do trabalho?

  • Existem relacionamentos decorrentes de outras atividades e envolvimentos?

  • Sente que seus amigos tem evoluído da mesma forma que você?

  • Como lidam com a diferenças e eventuais divergências?

  • Tem conversado sobre as mudanças decorrentes da passagem do tempo e como cada um encara o assunto?


Papel Educacional – Aqui não devemos raciocinar apenas no processo da educação formal.

  • O que você tem feito para se manter atualizado?

  • Dedica tempo à leitura, seminários, eventos de inovação, acompanha o noticiário e documentários?

  • Ou seja, você está na categoria que coloca seu desenvolvimento como uma responsabilidade sua?


Papel Espiritual

  • Existe na sua agenda tempo para reflexões?

  • Considera que faz parte do seu projeto de vida manter algum tipo de atividade espiritual? Não necessariamente vinculado a algum grupo religioso ou filosófico, mas como uma preocupação sua com seu crescimento íntimo.


Papel Individual

  • Sua agenda contempla atividades de seu interesse pessoal, independentemente de serem realizadas em grupo ou isoladamente? Permite se um tempo que é só seu?


Enfim, a relação poderia continuar, mas não temos pretensão de esgotar o tema. A proposta desta crônica é apenas fazer algumas provocações para que considere o assunto nesta próxima passagem de ano.


Que a experiência seja produtiva e enriquecedora na descoberta pessoal.

8 visualizações0 comentário
bottom of page