top of page

Sakura | família Nakaya fortalece sociedade e negócios


Com uma estrutura de governança própria, que estimula a participação dos membros da terceira geração, família Nakaya fortalece sociedade e negócios.


Pensar adiante, mas mantendo a conexão com o passado, sempre fez parte do jeito de ser da Sakura Nakaya, maior fabricante nacional de molhos de soja. Sua fundação já traz esses elementos: o fundador Suekichi Nakaya, imigrante japonês, não perdeu a habilidade de produzir shoyu e missô, itens típicos da culinária nipônica. A produção artesanal nos anos 30 deu origem a uma fábrica em 1940, que hoje é uma gigante competindo em um mercado global.


No início da década passada, a liderança da família Nakaya percebeu que, para poder continuar competindo, era preciso ter um tipo diferente de organização. “Precisávamos estar mais alinhados em relação aos objetivos e vimos que, para isso, precisávamos nos organizar como família e como sociedade”, comenta Roberto Ohara, neto do fundador. Segundo ele, as pressões do dia a dia faziam com que déssemos muita importância aos aspectos executivos, deixando a organização societária e a governança como um todo em segundo plano. “Lá na frente, esse desalinhamento traria problemas”, diz.


Entre 2012 e 2016, a família empresária estabeleceu a base de sua governança. O Conselho Familiar Societário (CFS), cuja criação foi liderada por Roberto, é hoje presidido por seu irmão Gilberto. “Tive uma participação muito ativa no CFS, mas dividimos melhor as atividades e passei a me concentrar na atuação executiva, enquanto o Gilberto está atento às questões societárias”, afirma.


No caso da família empresária Nakaya, o Conselho de Sócios (CS) foi criado com objetivos semelhantes aos de um Conselho de Administração, reunindo as diretrizes dos acionistas em relação à gestão. “Tanto o CFS quanto o CS são colegiados grandes, com 11 e 14 membros, para permitir que a segunda e a terceira gerações estejam representadas e tenham voz ativa”, diz Roberto.


Para chegar a esse ponto, os três núcleos familiares que compõem a Sakura Nakaya precisaram nivelar seu conhecimento sobre governança. “Hoje podemos conversar a partir de bases comuns, e isso é fundamental. Todos têm a oportunidade de entender como funcionam as famílias empresárias, compreendendo o ônus e o bônus de serem sócios. Era algo que não era claro”, explica.


Com a terceira geração, ampliar a governança familiar e societária continua sendo importante. “É um trabalho contínuo, às vezes com mais intensidade, às vezes meio adormecido, mas sempre ampliando o conhecimento para toda a família. É só assim que podemos trilhar nosso caminho no futuro”, completa.



コメント


bottom of page